Código do Curso: 59040
Modalidade: Bacharelado em Física Médica
Reconhecimento: Renovado pela Portaria CEE/GP nº 138, de 16/4/2018
Departamento: Física
Coordenador(a): Alessandro Martins da Costa

Projeto Pedagógico

http://sistemas.ffclrp.usp.br/down.php?id=132&d

Formação Básica

A Física é uma ciência exata, assim como a Matemática e a Química. As ciências da vida envolvem a Medicina e a Biologia. Aplicar os conhecimentos da Física aos problemas das ciências da vida, requer uma formação profissional específica. O físico para trabalhar e pesquisar em assuntos das ciências da vida requer, além de sua formação tradicional, alguns conhecimentos oferecidos nas áreas médicas e biológicas. Desta maneira pode-se

Perfil do Curso

O curso de Bacharelado em Física Médica iniciou suas atividades no ano 2000. Esse curso está sendo oferecido no período noturno, com duração de 5 (cinco) anos.

Durante a primeira metade do curso (5 semestres) os alunos receberão conhecimentos avançados de Física, Matemática, Estatística, Computação, Química, Anatomia e Fisiologia, assim como conhecimentos interdisciplinares de Biofísica e Bioquímica. Nessa fase do curso, muitas das disciplinas são de natureza experimental e outras estão divididas em partes teóricas e experimentais. O objetivo que se pretende alcançar, nessa metade do curso, é formar um estudante com conhecimentos sólidos das ciências exatas e conhecimentos básicos das ciências biológicas. A segunda metade do curso é formada por um conjunto majoritário de disciplinas aplicadas às ciências da saúde e biológicas. Muitas das disciplinas experimentais, nessa fase do curso, serão realizadas em dependências que trabalham com estas ciências, como por exemplo, hospitais, centros de saúde, centros de diagnósticos por imagens, laboratórios de análises, etc. Nos últimos semestres do curso, o estudante é obrigado a realizar estágio em centros credenciados pelo nosso departamento, que desenvolvam trabalhos e pesquisas nas ciências da saúde, ciências biológicas, instrumentação biomédica e/ou trabalhos que estão dentro dos objetivos do curso.

O Departamento de Física (DF), responsável por esse curso de Física Médica, tem experiência em nível de Pós-Graduação, nessa área de conhecimento, por ter sido o primeiro a oferecer na América Latina esta especialidade em nível de mestrado e doutorado. Seu corpo docente realiza, em sua grande maioria, pesquisas aplicadas à medicina e biologia. Por esta experiência, percebemos que o atual mercado de trabalho está exigindo esse tipo de profissionais, que serão formados pela primeira vez em nosso país. Esse mercado abrange universidades, institutos e escolas especializadas, hospitais, centros de diagnóstico, indústrias que trabalham com instrumentação biomédica, centros que trabalham com materiais radioativos de uso médico-hospitalar, centros de energia nuclear, centros de controle de aparelhos de radiação para a odontologia, etc. Esse curso permitirá ao profissional conseguir outros credenciamentos para realizar trabalhos específicos na área de radioproteção, radiodiagnóstico e controle de qualidade. Outras habilitações serão possíveis, sobretudo às relacionadas aos processamentos de imagens, obtidas por diversas técnicas modernas, como por exemplo a de ressonância magnética.

A Física é uma ciência exata, assim como a Matemática e a Química. As ciências da vida envolvem a Medicina e a Biologia. Aplicar os conhecimentos da Física aos problemas das ciências da vida, requer uma formação profissional específica. O físico para trabalhar e pesquisar em assuntos das ciências da vida requer, além de sua formação tradicional, alguns conhecimentos oferecidos nas áreas médicas e biológicas. Desta maneira pode-se ter dois tipos de profissionais:

Grade Curricular

https://uspdigital.usp.br/jupiterweb/listarGradeCurricular?codcg=59&codcur=59040&codhab=4&tipo=N