Fernando Crespo Corvisier

No Brasil, Corvisier deve sua formação artística a mestres como Dyla Josetti, Ecléa Ribeiro, Homero de Magalhães e Antônio Guedes Barbosa. Paralelamente a seus estudos musicais na Academia de Música Lorenzo Fernandez, estudou jornalismo na Universidade Gama Filho, graduando-se em 1982. Neste mesmo ano, recebeu bolsa de estudos do CNPq para aperfeiçoar-se na Ecole Normale de Musique Alfred Cortot, em Paris, sob a orientação de Edson Elias e Germaine Mounier. Participou de diversos festivais de música na Europa como recitalista e camerista. De 1985 a 1987, estudou no New England Conservatory, em Boston, sob a orientação de Jacob Maxin, obtendo o Master Degree in Piano Performance. Em 1988, foi vencedor do IV Premio Eldorado de Música, sendo convidado para inúmeros recitais nas principais salas de concerto do Brasil. Como solista já se apresentou com as seguintes orquestras: Orquestra Sinfônica da Rádio MEC, Orquestra Sinfônica de Campinas, Houston Civic Orchestra, Orquestra de Câmara da USP, Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto.

Em 1989, gravou em Los Angeles, ao lado de João Carlos Martins, a primeira versão para dois pianos das Quatro Estações de Vivaldi, transcritas por Almeida Prado, obtendo grande aceitação por parte do público e da crítica especializada. Gravou também para o selo Eldorado obras de Brahms e Ginastera. Atualmente, prepara um CD com a integral dos Noturnos para piano de Almeida Prado.

Em 1992, foi convidado pelo pianista Luiz Carlos de Moura Castro para estudar na Hartt School of Music, como bolsista da Organização dos Estados Americanos. No ano seguinte foi recomendado para exercer o cargo de Teaching Fellow no departamento de piano desta renomada instituição. Nesta ocasião participou da série de concertos da South Windsor Cultural Arts Commission e da Rosa Ponselle Foundation of Meriden, em Connecticut, EUA.

De 1997 a 2000 integrou o corpo docente da Moores School of Music da Universidade de Houston, exercendo os cargos de Teaching Assistant e professor de piano do Continuing Studies Department. Em maio de 2000, Fernando Corvisier recebeu o título Doctor of Musical Arts, pela Universidade de Houston, sendo orientado por pianistas de renome internacional como Abbey Simon, Horacio Gutierrez, e Ruth Tomfohrde. De 2000 a 2001 foi professor do departamento de pós-graduação da UNI-RIO. Desde maio de 2002, é professor de piano do Departamento de Música de Ribeirão Preto da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo.

Como pesquisador-intérprete, tem participado de congressos e conferências apresentando trabalhos sobre a obra para piano do compositor Almeida Prado e também dedicando especial interesse ao estudo do repertório de música brasileira para duo pianístico. Em 2013 apresentou palestra recital no Congresso With Four Hands (Congresso dedicado ao estudo do repertório para piano à quatro mãos) promovido pela Universidade de Londres e no International Symposium on Performance Science promovido pela Universidade de Viena.

Em 2015 gravou a integral dos Noturnos para piano de Almeida Prado e recentemente obteve o título de livre-docente pela Universidade de São Paulo.

Área de Pesquisa:

Pesquisa em música com ênfase na música brasileira e repertório para duo pianístico.