Adriano Garcia Chiarello

Área de Pesquisa:

Cerca de um quarto das espécies de mamíferos estão ameaçadas de extinção no mundo e no Brasil 69 espécies constam da lista ofical da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção, o que representa cerca de 12% do total de espécies de mamíferos descritas até o momento (~600). Os mamíferos estão entre os grupos mais ameaçados, principalmente devido à destruição e degradação de hábitat e aos impactos da caça legal e ilegal, entre outras ameaças. Dentro deste contexto, a minha linha de pesquisa envolve o estudo de aspectos ecológicos e conservacionistas dos mamíferos neotropicais, com ênfase nas espécies de médio e grande porte. Mais especificamente, algumas das pesquisas realizadas envolvem a caracterização da dieta e da área de vida e estimativas da abundância e da densidade populacional de primatas, preguiças, roedores histricognatos (ouriços, cutias), carnívoros (felinos e canídeos) entre outras espécies, bem como o estudo dos efeitos da fragmentação florestal nas populações destes grupos.