Marcelo Firmino de Oliveira

Área de Pesquisa:

Química Analítica Forense
Desenvolvimento de sensores eletroquímicos e piezoelétricos para ciência forense: detecção de delta-9-THC e cocaína - O aumento nos índices de criminalidade decorrente de atividades ligadas ao tráfico de drogas tem afetado de maneira drástica a qualidade de vida do ser humano. Neste contexto, torna-se imprescindível a curto prazo, a realização por parte de autoridades governamentais, de um programa de melhorias nas condições de trabalho das forças policiais, e a longo prazo, a realização de maiores investimentos e profundas reformas nos setores de educação e saúde. Neste projeto, buscamos desenvolver eletrodos quimicamente modificados para a atuação como transdutores das espécies químicas cocaína e delta-9-THC (principal componente psicoativo da maconha), visando a aplicação dos mesmos como sensores para tais espécies. Adicionalmente, a pesquisa de novos materiais para utilização como substratos em sensores eletroquímicos, visa também aplicar tais materiais na superfície de detectores à base de cristais piezoelétricos, visando a detecção das espécies entorpecentes em fase gasosa, com o objetivo de desenvolver protótipos de sensores piezoelétricos para aplicação em campo.